Nosso Blog

Misturas em tanque de defensivos

Misturas em tanque de defensivos

Uma prática comum entre os agricultores, é a mistura no tanque de pulverização de produtos como herbicidas, fungicidas e inseticidas. Apesar de não ser ilegal a mistura não é regulamentada pelo Ministério da Agricultura. Sendo uma prática comum no Brasil desde os anos 80, tornando-se importante para reduzir o desperdício, manter os preços competitivos e garantir a safra.

Os defensivos agrícolas são essenciais para o desenvolvimento da Agricultura brasileira são responsável pelo controle de plantas daninhas, pragas e doenças que podem ocorrer de forma simultânea na mesma área de cultivo. Pesquisas compravam que 47% dos agricultores sempre misturam defensivos, 48% utilizam com frequência e 2% raramente o fazem.

A mistura dos defensivos agrícolas possui vários benefícios entre eles a diminuição do número de entrada na área, de combustível e do volume de água, menor compactação do solo, menor tempo de exposição do trabalhador rural ao agrotóxico e melhor manejo e prevenção da resistência de pragas.

 

Preparo de Calda

O preparo da calda exige muito cuidado, pois é o momento em que o trabalhador manuseia o produto concentrado. A calda deve ser preparada de acordo com as recomendações específicas de cada produto. Algumas precauções são essenciais como:

  • Ler atentamente rótulo/bula antes do início da preparação;
  • A embalagem deve ser aberta com cuidado para evitar derramamento do produto;
  • Manusear o produto ao ar livre e longe de pessoas ou animais;
  • Utilize balanças, copos graduados, baldes e funis específicos para o preparo da calda. Nunca utilize esses mesmos equipamentos para outras atividades;
  • Usar apenas o misturador para o preparo da calda antes de colocar no pulverizador;
  • Lavar os equipamentos após o preparo.


Receba novidades!

Financiamento

Financiamento